Sinhores Atibaia apoiou a realização do 2º Fórum de Turismo de Atibaia e Região

Publicado em 02/06/2017
Imagem do Artigo Sinhores Atibaia apoiou a realização do 2º Fórum de Turismo de Atibaia e Região

     Conforme anunciado desde o ano passado, 2017 foi declarado pela ONU como o Ano Internacional do Turismo Sustentável. A iniciativa, segundo Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) foi para “Promover mais entendimento entre os povos de todos os lugares, o que leva a uma maior conscientização sobre o rico patrimônio de várias civilizações e a uma melhor apreciação dos valores inerentes às diferentes culturas, contribuindo dessa forma para fortalecer a paz no mundo”.

     Mas afinal, o que é sustentabilidade? Como inseri-la nos negócios do turismo?

     Essas e outras questões foram debatidas durante o 2º Fórum de Turismo de Atibaia e Região, sob o tema: “Turismo Sustentável: tendências e oportunidades”, promovido pelo Atibaia e Região Convention and Visitors Bureau, com o apoio da Prefeitura da Estância de Atibaia e de diversos outros parceiros.


     Através de palestras, painéis e momentos de networking regados a degustação de produtos típicos da região, os participantes puderam mergulhar seus olhares no mundo da sustentabilidade e sua intersecção com o turismo.


     A decoração do Centro de Convenções e Eventos Vitor Brecheret foi de encontro ao tema, com motos de cross e quadrículos na área externa e manequins caracterizados como praticantes de rapel e voo livre descendo pelo mezanino do espaço.


     Enquanto ocorria o credenciamento, um welcome coffe foi servido aos participantes, dando inicio ao primeiro momento de networking do dia. 

 

     Confira abaixo como foram os painéis e palestras:

Abertura

      A presidente do Atibaia e Região Convention and Visitors Bureau, Mônica Rubia Fontes, realizou a fala de abertura, dando as boas vindas aos presentes, passando a palavra em seguida ao prefeito de Atibaia, Saulo Pedroso.

 

Palestra: O que é sustentabilidade e como inseri-lá no segmento do Turismo?


      A palestra de abertura teve como protagonista Flora Pereira, da ONU Meio Ambiente. Em sua fala, Flora encantou o público com a apresentação de projetos turísticos desenvolvidos em comunidades no continente africano e que podem ser adaptadas a outras realidades. A valorização da cultura local sem dúvida foi o carro chefe de todos os modelos apresentados.

Painel:  Iniciativas inovadoras nos negócios


      O primeiro a falar neste painel foi Daniel Martins, responsável pelas atividades de gestão ambiental e preservação do meio ambiente no Unique Garden. Durante sua apresentação, o biólogo pôde relatar diversas ações do empreendimento para conservação da natureza, destacando inclusive iniciativas desenvolvidas além dos portões do hotel, como o apoio ao centro comunitário do bairro e o desenvolvimento de projetos em conjunto com o Governo do Estado no litoral norte de São Paulo.


      Daniel Baldacci diretor do White Pavilion do Wet N’ Wild, mostrou que não é só de água que vive um dos parques mais famosos do Brasil. A diversificação da oferta do empreendimento, com a construção de um espaço para atender eventos corporativos e a exploração do entorno dos brinquedos para atividades de educação ambiental demonstrou a visão estratégica do negócio em se sustentar pelos próximos anos. Excelente exemplo de aliar o pilar econômico ao ecológico em se tratando de sustentabilidade.


Painel:  Destinos Sustentáveis


      Adriano Carvalho, Secretário de Desenvolvimento Econômico e Empreendedorismo do município de Extrema focou na gestão pública e no planejamento que o município realizou para chegar ao seu atual estágio de desenvolvimento. Uma verdadeira aula de gestão pública, deixando claro que para o desenvolvimento sustentável de uma localidade, deve se planejar e executar ações que ultrapassem o tempo de um ou dois mandatos.

      Carlos, representando os Hotéis Fazenda Parque dos Sonhos, Campo dos Sonhos e Terra dos Sonhos, do município de Socorro abordou os projetos que tornaram os empreendimentos referência nacional em acessibilidade para pessoas com deficiência.

  


Prêmios de Sucesso:  Cases Braztoa


     
Leonardo Tamagusuko da Braztoa, apresentou cases de sucesso do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade, realizado desde 2012. Através de vídeos pôde-se conhecer iniciativas inovadoras de gestão sustentável pelo Brasil.

 

Painel: Atividades Turísticas em UCs


      Dando início ao último painel, Thomaz Brandolin, o primeiro brasileiro a conquistar o Polo Norte descreveu momentos incríveis de algumas de suas viagens. Dando ênfase à importância do planejamento minucioso e da solução de conflitos durante as aventuras, prendeu a atenção dos participantes com imagens fantásticas dos lugares mais inóspitos do planeta. Encerrou mostrando o momento em que fixava a bandeira do Brasil ao chegar ao final de uma expedição, sendo aplaudido com euforia por todos os presentes.


      Cláudio Valadares Pádua, vice presidente e fundador do Instituto Ypê, concentrou sua fala no potencial das Unidades de Conservação brasileiras e nos possíveis modelos de gestão. Sem a utilização de slides, prendeu a atenção do público durante os vinte minutos de sua fala.


      Sidnei Raimundo, professor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP trouxe um olhar acadêmico para o turismo em áreas naturais protegidas.  Discorreu sobre as possibilidades de potencializar os impactos positivos da visitação em Unidades de Conservação, com o objetivo de transformar o olhar dos turistas e da comunidade local acerca da área visita e, por consequência, refletir sobre as atitudes do dia a dia para com o meio ambiente.


      Luiz Abdala da Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (ABETA) apresentou o panorama do turismo de aventura no Brasil. Comparando dados com outros países, mostrou que o potencial brasileiro para essa atividade é muito grande e merece a devida atenção. Apresentou também o programa aventura segura, com as normatizações envolvidas.

  

Palestra: Empreendedorismo


      Para encerrar a tarde de palestras, Valter Patriani, superintendente de vendas, produtos e marketing da CVC brindou o publico presente com sua expertise no mercado turístico. Através do histórico de atuação da CVC, realizou reflexões acerca da conjuntura econômica do país ao longo dos anos e abordou as possibilidades de se trabalhar o turismo em nossa região. 

     Ao final, foram sorteados diversos brindes como hospedagens, day use, jantares, dentre outros, nos atrativos e meios de hospedagem da região

      Em suma, além do acesso ao conhecimento sobre o tema proposto, o evento cumpriu um papel importante ao agrupar setores mais difusos da cadeia produtiva do turismo, como o artesanato e alguns fornecedores de produtos e serviços que muitas vezes não se enxergam como integrantes de uma atividade com potencial para incrementar a economia dos municípios da região.

     Todas as temáticas apresentadas contribuíram para uma profunda reflexão acerca do nível de planejamento, alinhamento de conceitos, visão estratégica de futuro, envolvimento da comunidade nas tomadas de decisão, exploração de nichos de mercado diferenciados, investimento em ações sócio-ambientais, dentre diversos outros aspectos, frente aos desafios do desenvolvimento sustentável do Turismo da região de Atibaia. Esperamos que cada vez mais o poder público  compreenda seu papel neste desenvolvimento, dando suporte para que a iniciativa privada possa crescer e se consolidar, movimentando desta forma, uma vasta rede de fornecedores, turistas, gerando impostos e diversas oportunidades de negócios.

Atendimento Tributário

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba as novidades do SINHORES Atibaia em seu e-mail